O verdadeiro Pokémon


Axolote

Vem do México e é uma salamandra que mantém o aspeto larvar mesmo depois de adulta. A sua popularidade enquanto animal de estimação tem aumentado nos últimos anos e, apesar de ter um sósia virtual na série Pokémon, esperemos que não tenha tantos caçadores. Senhoras e senhores, o axolote.

Ambystoma mexicanum

Ordem: Caudata Família: Ambystomatidae

O aspeto quase alienígena da salamandra mexicana inspirou os autores dos Pokémon na criação de um dos personagens

Credits: Futurism.com

Salamandra com aspeto larvar mesmo no estado adulto (neotenia). 

Comprimento total: até 30 cm. Distingue-se pela presença de 3 pares de brânquias externas plumosas nos dois lados da cabeça. Apresenta barbatana caudal desde a parte terminal da cabeça até à extremidade do corpo. Os membros são curtos e fracos, constituídos por cartilagem. Pulmões rudimentares. A pele é escura podendo variar entre o cinza e o castanho, muitas vezes com manchas. Indivíduos albinos são comuns.

Apesar de anfíbio é uma espécie exclusivamente aquática durante todo o seu ciclo de vida. São agressivos entre si, podendo morder e mutilar partes de outros indivíduos como as brânquias ou os membros. Têm, no entanto, uma grande capacidade de regeneração dos tecidos e mesmo órgãos. 

Dieta: alimenta-se de tudo o que conseguir caçar: insetos aquáticos, moluscos, artrópodes e peixes. 

Espécie ovípara com fertilização interna. O macho liberta pequenas bolsas cónicas de espermatozóides e atrai a fêmea até ao local. Esta, aproxima-se e recolhe uma parte através da cloaca. 

Época de acasalamento: pensa-se que varie consoante a temperatura da água. No habitat natural pode ocorrer entre dezembro e junho. 

Postura: cada fêmea pode depositar 200-1000 ovos por postura, dependendo do tamanho da fêmea. Os ovos ficam aderentes à vegetação do meio devido ao revestimento gelatinoso que os cobre. 

Duração da metamorfose: não ocorre espontaneamente, no entanto, pode ser induzida artificialmente. 

Maturidade sexual: cerca de 12-18 meses.

Criticamente em Perigo (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza). 

Principal ameaça: redução do habitat por ocupação humana, captura para o comércio ilegal de espécies exóticas e para alimentação das populações locais.

In 

http://www.zoo.pt/site/animais_detalhe.php?animal=208&categ=2

Curiosidades

Um axolote em stress aponta as guelras para frente, enrolando a ponta do rabo em situações extremas.
As luz muito forte assusta-os, enquanto a muito escura os deixa sonolentos.

Os axolotes não mastigam, engolindo tudo inteiro.

O axolote é capaz de regenerar membros do corpo (e até mesmo órgãos!), e a perda de um membro ou guelra não é letal, desde que o ferimento não seja muito grande. Se isso acontecer, o axolote formará um tipo de bolor branco/cinza claro na ferida. Isso é natural e ajuda com o processo de cura.

Axolote quer dizer cão de água.
Os animais hoje em cativeiro descendem de uma população importada no século XIX em França e que foi colocada no Jardin des Plantes.

Anúncios

4 thoughts on “O verdadeiro Pokémon

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s