Ponte 25 de Abril


Os meus 46 anos de Ponte 25 de Abril

10494941_10202422192948743_932735572272276863_o

by RavenLight

A Ponte sobre o Tejo, popularmente conhecida como 25 de Abril ou também como a irmã mais nova da Golden Gate, de São Francisco, completa no próximo sábado 50 anos. Trata-se de uma das mais emblemáticas obras públicas portuguesas, ligando as cidades de Lisboa e Almada através dos modos rodoviário e ferroviário.

Eu nasci quatro anos depois da inauguração da travessia, pelo que esta sempre fez parte da minha vida e sempre teve o mesmo nome, aquele pelo qual continuo – eu como tantos outros – a tratá-la: Ponte 25 de Abril.

Para mim, a ponte sempre fez parte da paisagem do estuário do Tejo, quase como se fosse um elemento natural. Dela guardo memórias de fins de semana e férias passados na Margem Sul, como o caminho divertido sobre o rio que tínhamos que fazer para chegar ao ambicionado e longínquo destino. Para mim era divertido. Calculo que para os adultos não fosse tanto.

É difícil lembrar-me de algo que me divertisse tanto como ouvir o ruído das rodas do Carocha azul do meu avô a deslizar sobre a grelha que componha metade do tabuleiro rodoviário. Ainda hoje conseguiria identificar o som se alguém o pudesse reproduzir. Como divertido era espreitar lá para baixo, por entre as ranhuras da grelha, e ver o rio ali tão ao pé.

Como fez parte da minha vida o buzinão contra Cavaco Silva, então primeiro-         -ministro, e que causou tal confusão no centro da cidade que me fez chegar tardíssimo a casa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

by RavenLight

Ou a construção do tabuleiro ferroviário – projetado de início mas que apenas décadas depois se viria a concretizar – e que tive a oportunidade de acompanhar a título profissional, tal como a respetiva inauguração. Ainda tenho o relógio oferecido na época aos convidados que fizeram a primeira travessia ferroviária do Tejo em Lisboa.

Depois disso, são incontáveis as vezes que já passei de uma margem para a outra através da 25 de Abril. Sim, digam lá o que disserem, mudem quantas vezes vos apetecer, justifiquem-no com provas científicas, para mim esta será sempre a Ponte 25 de Abril. Sem direito a quaisquer explicações.

 

Para conhecer mais em detalhe a sua construção e o relato, na primeira pessoa, de quem nela trabalhou, aqui fica o link para a reportagem emitida no programa Linha da Frente, na RTP, no passado mês de Abril.

Linha da Frente – RTP

 

 

3 thoughts on “Ponte 25 de Abril

  1. Pingback: 50 anos a ligar Lisboa e Almada | Castelodasandrix's Blog

  2. Um post pessoal sobre o impacto que um elemento inerte tem nas nossas vidas e nas nossas emoções é sempre interessante. Curioso como as perspetivas são tão diferentes de pessoa para pessoa. Devias fazer mais posts destes a propósito de memórias pessoais. Os visitantes podiam fazer sugestões sobre sítios ou monumentos, por exemplo, até restaurantes e tu revelavas as tuas memórias a propósito. Com as respetivas imagens, claro. Eu sugiro já o Estádio da Luz, claro. O elemento que nos une. Quer dizer, é mais o Twitter, mas é muito mais bonito dizer que é a Catedral. Saudações benfiquistas!

    • Obrigada Manu! Parece-me uma grande ideia. Embora duvide que exista gente em número suficiente a “dar-se ao trabalho” de sugerir alguma coisa. Muito menos através do blog. São poucos os conhecidos que acedem ao blogue. Lêem o resumo nas redes sociais e não mais que isso. Mas vou tentar.

      A tua sugestão, claro, está aceite. Mas vou guardá-la para mais tarde para poder juntar mais uns pózinhos, se não te importares. É uma surpresa.

      Se quiseres fazer mais alguma, força. 1904 sempre!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s