7.º ANIVERSÁRIO DA HEMEROTECA DIGITAL


7.º ANIVERSÁRIO DA HEMEROTECA DIGITAL…

O tempo voa! E o nosso maior objectivo tem sido, e continuará a ser, ultrapassá-lo, para assim simplificar o acesso dos nossos utilizadores ao património bibliográfico que temos em mãos, e contornar o impacto da passagem ininterrupta dos dias sobre esse mesmo património, feito de papel impresso de memórias e histórias – matéria tão frágil e tão preciosa.

Hoje, celebramos o sétimo aniversário da Hemeroteca Digital (HD), a biblioteca digital da Hemeroteca Municipal de Lisboa (HML), criada em 2005. É tempo, pois, de balanço: actualmente, a HD é já um sítio de referência no que aos periódicos em linha diz respeito – motivo de satisfação, mas também uma grande responsabilidade para com os nossos utilizadores, cada vez em maior número, e a razão de ser deste projecto.

Alguns dados estatísticos:

) entre 2005 e Maio de 2012, a HD foi visitada por mais de 1 milhão de  utilizadores, que consultaram cerca de 25 milhões de páginas de jornais e revistas;

ii) hoje, estão em linha 123  colecções de periódicos (jornais e revistas) e monografias, o que corresponde a mais de 400.000 imagens, disponibilizadas em dois formatos: html e pdf.

iii) para a sua selecção, definimos como critério de máxima prioridade a relação com o Fundo Institucional da CML, isto é, as publicações periódicas editadas pela autarquia alfacinha, como, por exemplo, os Anais das Bibliotecas, Arquivo e Museus Municipais (1931-1936), as duas séries da Revista Municipal de Lisboa (1939-1973/1979-1988), ou o Boletim Cultural e Estatístico (1937) – fontes preciosas para conhecer a actividade do município lisboeta no século XX;

iv) numa segunda linha de trabalho, privilegiámos as colecções do Fundo Local da HML, constituído por periódicos da maior importância para o estudo e conhecimento da cidade de Lisboa, como é o caso da Revista Universal Lisbonense (1841-1859), d’A Semana de Lisboa (1893-1895), do diário republicano da noite A Capital (1910-1938), entre outros;

v) numa terceira linha de trabalho, ocupámo-nos do Fundo Histórico da HML, que reúne uma das mais importantes colecções nacionais de jornais e revistas dos séculos XVIII, XIX e início do XX, de crucial relevância para o estudo de Portugal neste período, de que são exemplo a Gazeta de Lisboa (1715–1716; 1810), o jornal humorístico O António Maria (1879-1899), de Rafael Bordalo Pinheiro, o jornal literário O Panorama (1837-1844), de Alexandre Herculano, a revista quinzenal ilustrada de Portugal e do estrangeiro, O Ocidente (1878-1915), ou a Ilustração Portuguesa (1903-1923), um dos mais relevantes acervos do quotidiano do 1.º quartel do século XX;

vi) procurámos fazer acompanhar os títulos colocados em linha com as respectivas fichas históricas, verbetes que ajudam a contextualizar e a “ler” melhor esses periódicos, como testemunhos de um determinado tempo – hoje, fruto da soma destas fichas históricas, estamos a criar na HD um autêntico dicionário electrónico da imprensa periódica portuguesa;

vii) criámos ainda novas ferramentas de pesquisa, como o Índice Cronológico e o Índice Geográfico: o primeiro permite-nos saber os títulos de jornais e revistas que estão disponíveis na HD pelo ano pretendido; enquanto o segundo nos garante um acesso aos periódicos digitalizados pelo local de publicação;

viii) criámos novas secções (Direitos de Autor), assinalámos várias efemérides, disponibilizámos novos conteúdos e produtos, enriquecendo a HD com outros recursos informativos complementares das suas colecções digitais e da actividade cultural e educativa da HML;

xix) associámo-nos às comemorações nacionais do centenário do Turismo em Portugal, colocando em linha a Revista de Turismo (1916-1924), a primeira revista portuguesa integralmente dedicada ao sector do Turismo;

x) integrámos a nossa colecção em iniciativas de cooperação nacional e internacional: os recursos da HD encontram-se disponíveis na Europeana (Biblioteca Digital Europeia) e, em breve, no RNOD – Registo Nacional de Objectos Digitais.

Mas para que esta data não fique pela mera enumeração de um conjunto de dados, terminamos com uma surpresa: criámos um novo índice de acesso aos títulos de publicações periódicas que estão em linha, o índice de autores. Esta ferramenta, em constante construção, referencia os directores, editores, redactores, colaboradores literários e artísticos dos jornais e revistas que pode consultar na HD. Espreite aqui e fique a par deste novo produto criado a pensar em si.”

in Newsletter Especial da Hemeroteca Municipal de Lisboa


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s