Beltane – 1 de Maio/Beltane – May 1st


Beltane – 1 de Maio

Beltane


Esta celebração, também conhecida como Dia da Cruz, Rudemas e Walpurgisnacht, tem origem num festival Druida de celebração do Fogo, homenageando a união da Deusa ao seu consorte, o Deus. Deste modo, é também associado à fertilidade, uma expressão que cujo significado não se restringe à reprodução animal, mas também ao desejo de maior produção agrícola. Trata-se de dos poucos festivais pagãos que sobreviveu, em grande parte, na sua forma original, até aos dias de hoje.

O Festival de Beltane celebra igualmente o regresso do Sol, marcando a “morte” do Inverno e o “nascimento” da Primavera, dando início à fase de plantio. De acordo com a tradição, o Beltane inicia-se com o acender das fogueiras ao nascer da Lua da véspera do primeiro dia de Maio. Esta fogueiras servirão para iluminar o caminho para o Verão

De igual forma, são realizados diversos banquetes, jogos, sessões de leitura de poesia e de canto como forma de homenagem à Natureza. Uma das tradições mais conhecidas destes festival é a dança em torno do Mastro, feita no sentido da direita em relação à luz. Ao longo desta dança são entrelaçadas no mastro diversas fitas coloridas que simbolizam a união do masculino com o feminino. Às primeiras horas da manhã o orvalho é recolhido destinando-se à feitura de poções para obter boa sorte.

A palavra Beltane tem origem no nome do Deus céltico Bel (o senhor da vida, da morte e do mundo dos espíritos) e em Tane, uma expressão céltica que significa fogo.

Tradições em Portugal

Segundo Leite de Vasconcelos, era costume em Portugal celebrarem-se as Maias, a denominação mais antiga para esta festa, de cariz popular que chegou a ser proibida por uma postura da Câmara de Lisboa, datada de 1385.

A tradição das Maias tinha então a função de celebrar a Primavera e o novo ano agrícola, servindo igualmente para manter afastados da casa os maus-olhados e as bruxas.

A Norte do País sobrevivem ainda algumas tradições ligadas a este festival, como é o caso da colocação de ramalhetes de giestas amarelas (também conhecidas por maias por florirem em Maio) nas portas ou janelas das habitações no Minho, Douro e Beira Alta. No caso do Alto Minho, são também enfeitados dos carros de bois, bem como diversos outros veículos

A explicação popular para este ritual assenta na tradição cristã e diz que quando a Virgem partiu para o Egipto, deixou pelo caminho ramos de giesta para não se perder no regresso. Noutra versão, diz-se que aquando do nascimento de Jesus Cristo, os judeus procuraram-no para o matarem e marcaram uma das casas com um ramo de giesta, certos que era nela que ele se encontrava. Rapidamente todas as habitações apareceram enfeitadas com a flor, o que permitiu manter a criança a salvo.

Em certas localidades, os rapazes que estão para casar colocam por baixo das portas das casas das moças “sérias” uma “maia de rosas”.

Depois da expansão do cristianismo, este ritual passou a estar associado à Festa da Santa Cruz e ao Corpo de Deus.

Beltane – May 1st

Beltane


This celebration, also known as Day of the Cross, Rudemas or Walpurgisnacht, comes from a Druid festival of celebration of fire, honoring the Goddess marriage to her consort, the God. Thus, it is also associated with fertility, an expression whose meaning is not restricted to animal breeding, but also the desire for increased agricultural production. It is one of the few pagan festivals that survived until today largely in its original form.

The Beltane Festival also celebrates the return of the Sun, marking the “death” of Winter and the “birth” of Spring, ushering in the planting phase. According to the tradition, Beltane begins with the lighting of bonfires at moonrise on the eve of the first day of May. This  bonfires will light the way for Summer to arrive.

Several banquets, games, poetry reading sessions and singing are held as a form of homage to Nature. One of the most known traditions of the festival is dancing around the pole, made ​​towards the right in relation to light. Throughout this dance several  colored ribbons  are intertwined in the mast  symbolizing the union of masculine and feminine. In the early hours of the morning dew is collected to make good luck potions.

The word Beltane comes from the name of the Celtic God Bel (the lord of life, death and the spirit world) and Tane, a Celtic term meaning fire.

Traditions in Portugal

According to the author Leite de Vasconcelos it was usual to celebrate a festival called the Maias, and old designation for this ritual, feast of popular character that came to be prohibited by a posture of Lisbon City Council, dated from 1385.

Back then, the tradition of the Maias  had the function to celebrate Spring and the new agricultural season ,but also to keep the evil eye and witches away from the households..

Up North, in the Minho, Douro and Beira regions some some traditions connected with this festival still survive, such as placing bouquets of yellow brooms (also known by the Maia because they bloom in May) on the doors or windows. In  the AltoMinho, populations also decorated ox-carts and various other vehicles.

A popular explanation for this ritual is based on christian tradition and says that when the Virgin left for Egypt, she left  branches of broom along the the road  so she wouldn´t be lost on her way back home. In another version, it says that on the birth of Jesus Christ, the Jews sought him to kill him and marked one of the houses  with a sprig of broom,  certain that he was hidding there. Soon all houses were adorned with the same flowers, which allowed to keep the child safe.

In certain villages, the young guys who aren´t married put Maia roses under the “honest” girls doors.

After the expansion of Christianity, this ritual has become associated with the Feast of the Holy Cross and Corpus Christi.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s