Dia Mundial do Rato


Dia Mundial do Rato

Pearl Jam – Rats – Safeco Field (August 10, 2018)

 

 

O objetivo do Dia Mundial do Rato é fazer com que o pequeno bicho seja reconhecido como um animal de estimação e de companhia para pessoas de todas as idades. Combater o preconceito da sociedade para com os pequenos roedores e manifestar o gosto por estes animais são outros objetivos desta data.

Segundo os seus donos, os ratos são animais inteligentes, amigáveis, leais e cativantes, constituindo-se como uma grande companhia. Os ratos gostam normalmente de festas na cabeça e que lhes cocem as orelhas.

O dia foi criado em 2002 por amantes de ratos, tendo sido escolhido o dia 4 de abril em homenagem à “Ratlist”, uma lista de email criada neste dia 4, dedicada a espalhar a discussão e o amor pelos pequenos roedores.

Factos

Um rato selvagem vive cerca de ano e meio enquanto um rato doméstico cerca de três anos.

Um par de ratos pode gerar uma colónia de 2 mil ratos.

Um par de ratos deixa cair 1.000.000 de pelos por ano.

As fêmeas têm um período de gestação de 22 a 24 dias.

Um rato come 30 gramas por dia.

Os ratos machos tendem a ficar quietos enquanto lhe fazem festas ao contrário das fêmeas.

Imagens da Bored Panda
Imagens da Bored Panda

Conheça alguns ratos ‘ridiculamente fotogênicos’

Para comemorar o Dia Mundial do Rato,em 2014 o site gringo Bored Panda pediu aos seus internautas que enviassem fotografias do bicho em momentos de fofura. E o resultado foi para lá de divertido. Confira a seguir algumas imagens engraçadas de ratinhos “ridiculamente fotogênicos”

https://www.bol.uol.com.br/fotos/2015/04/04/conheca-alguns-ratos-ridiculamente-fotogenicos.htm

Anúncios

A história da mudança da hora nos Estados Unidos


A história da mudança da hora nos Estados Unidos

A Primavera traz muitas mudanças: clima mais quente, dias mais longos, flores a espreitar através da terra. Mas para muitas pessoas nos EUA, a chegada da primavera também significa o início do horário de verão.

Este período – muitas vezes chamado incorretamente de horário de verão – começa às 2h00, horário local, no segundo domingo de março, quando os relógios avançam uma hora. O horário de verão termina às 2:00 da manhã, hora local, no primeiro domingo de novembro, quando os relógios recuam uma hora.

Daylight saving time, explained

Find out the history behind daylight saving time and why some places participate while others opt out.

SPRING MARKS MANY changes: warmer weather, longer days, flowers peeping through the dirt. But for many people in the U.S., the approach of spring also means the start of daylight saving time.

This period—often incorrectly called daylight savings time—begins at 2:00 a.m. local time on the second Sunday in March, when clocks spring forward an hour. Daylight saving time ends at 2:00 a.m. local time on the first Sunday in November, when clocks fall back by an hour.

In National Geographic

https://www.nationalgeographic.com/science/topics/reference/daylight-saving-time/

O mais antigo astrolábio marítimo


O mais antigo astrolábio marítimo é português

O Guinness World Records confirmou que o astrolábio marítimo recuperado dos destroços de um navio da armada portuguesa naufragado é, de facto, o mais antigo do seu tipo. O navio do qual o astrolábio foi recuperado fez parte da segunda viagem do explorador Vasco da Gama à Índia, que ocorreu entre 1502 e 1503.

Pesquisadores do Warwick Manufacturing Group, WMG, parte da Universidade de Warwick, recorreram a tecnologia de imagens a laser para confirmar que o disco de pedra encontrado é um um astrolábio marítimo, um dispositivo usado para medir a latitude de um navio.

Earliest known mariner’s astrolabe described in new study

Guinness World Records has verified that a mariner’s astrolabe recovered from the wreckage of a sunken Portuguese armada ship is indeed the earliest of its kind.

Researchers with the Warwick Manufacturing Group, WMG, part of the University of Warwick, used laser imaging technology to confirm the stone disk as a mariner’s astrolabe, or sea astrolabe, a device used to measure a ship’s latitude.

The ship from which the astrolabe was recovered was part of explorer Vasco da Gama’s second voyage to India, which took place between 1502 and 1503. Sea astrolabes were popular among Portuguese and Spanish explorers.

The device was recovered from the Sodré shipwreck site, named for the captain of the sunken ship, Vicente Sodré. The vessel sank in a storm off the coast of Oman in 1503.

The so-called Sodré astrolabe is the the only known astrolabe featuring a solid disk and a confirmed date and origin. It is also the only mariner’s astrolabe featuring Portugal’s royal coat of arms.

The high-definition images, captured by a portable 7-axis Nikon laser scanner, revealed 18 marks along the astrolabe’s limb. Spaced at uniform intervals, the 18 marks were used to measure the altitude, or declination, of the sun at noon.

“Using this 3D scanning technology has enabled us to confirm the identity of the earliest known astrolabe, from this historians and scientists can determine more about history and how ships navigated,” Warwick professor Mark Williams said in a news release. “Technology like this betters our understanding of how the disc would have worked back in the 15th century. Using technology normally applied within engineering projects to help shed insight into such a valuable artifact was a real privilege.”

Researchers described the record-setting sea astrolabe in the International Journal of Nautical Archaeology.

“Without the laser scanning work performed by WMG we would never have known that the scale marks, which were invisible to the naked eye, existed,” said David Mearns, a marine scientist and oceanographer with the shipwreck-recover group Blue Water Recoveries. “Their analysis proved beyond doubt that the disk was a mariner’s astrolabe. This has allowed us to confidently place the Sodré astrolabe in its correct chronological position and propose it to be an important transitional instrument.”

In GPS Daily

http://www.gpsdaily.com/reports/Earliest_known_mariners_astrolabe_described_in_new_study_999.html

Portugal Space. Agência espacial portuguesa arranca em março


Space Today

Agência espacial portuguesa deverá começar a funcionar até março, nos Açores, e terá inicialmente uma pequena equipa de dez pessoas.

A agência espacial portuguesa deverá começar a funcionar até março e terá a sua sede na ilha açoriana de Santa Maria, onde será construída uma base de lançamento de microssatélites, disse à Lusa o ministro da Ciência.

A Portugal Space, como se designará a agência, irá promover “novas atividades e negócios” no setor espacial, em particular na observação da Terra com pequenos satélites, e “facilitar uma maior participação de Portugal nos programas europeus”, da Agência Espacial Europeia (ESA) e da União Europeia, adiantou Manuel Heitor.

A ideia, segundo o ministro, é “dinamizar novas indústrias, novas empresas e criar emprego qualificado em Portugal” no lançamento e fabrico de pequenos foguetões e satélites. A informação recolhida pelos microssatélites poderá ser aplicada na agricultura de precisão, na segurança marítima e no cadastro das cidades, exemplificou.

O titular…

View original post mais 422 palavras

Quem foi o verdadeiro Robin Hood?


Quem foi o verdadeiro Robin Hood?

Assim como Robin Hood ilude o xerife de Nottingham, identificar as origens exatas do herói popular desafia os académicos.

Who was the real Robin Hood?

Just as Robin Hood eludes the Sheriff of Nottingham, pinning down the folk hero’s exact origins challenges scholars.

In National Geographic

https://www.nationalgeographic.com/archaeology-and-history/magazine/2019/01-02/origins-of-england-folk-lore-robin-hood/